Qual a diferença entre a ração seca e a alimentação natural para os pets?

Para entendermos a diferença entre a ração seca e a alimentação natural para os pets, é preciso dar alguns passos para trás e compreender um pouco mais sobre como foi toda a trajetória alimentar dos cães.

A relação do homem com os cães começou muito antes do que a gente imagina, a mais de 20 mil anos atrás. Quando os cães ainda eram na realidade lobos, e os humanos precisavam caçavam para sobreviver. 

Você não entendeu nada? Então conheça mais da evolução dos cachorros aqui.

Essa amizade fiel que temos hoje em dia com os nossos pets, se iniciou de uma necessidade comum, a procura por comida. Homem e lobos caçavam juntos e assim dividiam o alimento.

Com a evolução do homem e o início da agricultura e pastoreio, as coisas ficaram mais fáceis para nós, e diferente para eles, que aos poucos foram mudando o hábito da caça conjunta pelo da proteção territorial.

E aos poucos, os cachorros foram cada vez mais domesticados e passaram a receber os alimentos que sobravam dos humanos. 

A partir disso, a história dessas duas espécies tornou-se para sempre vinculada. E hoje dependência dos cães sobre nós para sobreviver é muito mais presente..

A Ração Seca 

A Ração Seca surgiu após o aperfeiçoamento da relação homem e cão, mais precisamente quando os homens perceberam que poderiam tornar mais fácil a alimentação dos cães. Já que se beneficiavam da companhia um do outro.

Foi somente em 1800 que as rações começaram a surgir, quem teve essa ideia foi um eletricista americano, que em um dia observando os estaleiros, percebeu que os cães adoram comer as migalhas de biscoitos que caiam no chão. O nome dele era James Spratt, criador da ração à base de trigo, legumes e carne.

Não demorou muito para James fazer sucesso, ganhando inclusive algumas premiações e instigando outras pessoas a abrirem as suas próprias marcas. 

As rações secas trouxeram muita facilidade e praticidade na vida das pessoas, assim como ainda trazem, por isso honramos James por sua brilhante idéia. Que só se tornou presente mesmo na maior parte dos lares em meados do século XX.

Antes disso, os cães viviam basicamente de restos de comida, que por mais naturais que fossem, na maioria das vezes não acompanhavam o balanceamento nutricional adequado.

No Brasil, a ração, o alimento pronto e processado para cães só começou na década de 70. O que foi uma grande evolução para oferecer uma dieta equilibrada para os nossos animais.

Com o passar do tempo, as receitas foram se modificando, algumas marcas passaram a utilizar subprodutos em suas rações, visando lucros e benefícios. A partir daí surgiu a grande onda industrial, comercial. 

Hoje, os excessos de conservantes, corantes, aromatizantes e mesmo a concentração de sódio foi o que começou a gerar um certo descontentamento dos consumidores.

Muitos pets passaram a ter reações alérgicas e desenvolver doenças crônicas, que até então só seres humanos tinham. 

A Alimentação Natural 

A Alimentação Natural para cães surgiu justamente como uma alternativa às complicações causadas pelas rações industrializadas. 

Devido a uma série de eventos envolvendo a contaminação de rações por micotoxinas e outras substâncias nocivas à saúde dos pets, muitos tutores começaram a questionar a qualidade e segurança dos alimentos industrializados para cães e gatos. 

A partir disso, as pessoas começaram a procurar uma outra forma de alimentar os seus pets. E como a procura por um estilo de vida mais saudável já vinha crescendo e tendo muita procura, se viu aí também uma solução para alimentar os companheiros de quatro patas. 

Criou-se então todo o conceito da alimentação natural para cães, com o grande objetivo de oferecer uma dieta mais equilibrada nutricionalmente, e feita com ingredientes naturais e minimamente processados. Evitando assim, os subprodutos, como as farinhas, farelos e extratos.

Conhecida também como AN, a alimentação natural tem como alguns de seus ingredientes, as carnes, os vegetais, os tubérculos e grãos. O seu processo é feito a partir do cozimento e congelamento do alimento apenas. Sendo minimamente processado.

E boa parte das empresas faz de acordo com a necessidade de cada pet, sendo analisada a idade, peso, saúde, estilo de vida, entre outros fatores. 

Por que os pets preferem a Alimentação Natural?

É bem fácil de entender porque os pets preferem a Alimentação Natural, ao invés da Ração Seca. Como nós, eles também sentem a diferença dos alimentos. Sempre falamos que nutrir é bem diferente de alimentar. E saborear uma comida é diferente de comer.

Pode ser realmente bem completa e gostosa a ração, mas ele não se compara aos sabores, as texturas, os ingredientes e toda a nutrição que pode ser encontrada no prato de comida natural. 

Na Alimentação Natural, os cães encontram alimentos mais frescos, mais palatáveis, com uma maior variação de sabores e texturas, sem conservantes, corantes e aromatizantes. É uma alimentação extremamente completa e deliciosa. 

A transição da ração seca para a Alimentação Natural

Antes de iniciar a transição da ração seca para a Alimentação Natural, é legal que você leve o seu pet a um veterinário ou até mesmo fale com algum profissional da área, para fazer uma análise de como está a saúde dele, avaliar o peso e quais tipos de nutrientes ele mais precisa. Isso tudo com base no seu porte, na sua raça e na sua própria personalidade.

Essas informações irão facilitar na hora de montar a melhor dieta para ele, descobrindo assim, quais são os alimentos que ele mais se identifica, se há alguma restrição ou restrição alimentar.  

Normalmente esse processo é feito por etapas, ou seja, a transição nunca é feita de forma extrema, simplesmente trocando uma alimentação pela outra. 

É preciso ir agregando a Alimentação Natural à rotina do pet aos poucos, começando com 25% da alimentação nova e 75% da atual que o animal já consome. 

No segundo e terceiro dia já passa para 50% de cada, ou seja, metade. E a partir do quarto dia, observando o comportamento do animal, já pode aumentar a alimentação natural para 75%. 

A transição então de uma alimentação para a outra, se conclui no quinto dia, quando já se pode oferecer 100% da nova dieta, migrando assim completamente.

Venha conhecer a Nena Pet!

 Os nossos produtos são preparados com muita responsabilidade, carinho e cuidado.

Selecionamos ingrediente por ingrediente, de alta qualidade, integrais e in natura, preparados para que atendam as necessidades fisiológicas dos animais, garantindo também o máximo de sabor.

Bem-vindo(a) à família Nena Pet!

Converse com a gente pelo whatsapp!